finasterida

Finasterida – 1mg ou 5mg – + óleo de coco – Guia Definitivo

É recorrente encontrarmos em nosso meio social alguém que tem ou já teve queda de cabelo, também conhecida como calvície. Esse é um mal que se torna cada vez mais comum entre homens e mulheres. Um fator intrigante nessa história é que as pessoas nunca buscam a prevenção, apenas recorrem a tratamentos quando o dano já está feito.

Sempre que se deparar com o menor sinal de calvície, seja diminuição no volume dos fios, ou a queda propriamente dita, antes de iniciar qualquer tratamento por conta própria, procure fazer uma avaliação médica. Um profissional da saúde substitui qualquer outro recurso quando se trata do seu bem estar.

Tornou-se muito fácil hoje em dia encontrarmos na internet receitas e procedimentos milagrosos para curar ou remediar qualquer tipo de coisas. Vou deixar aqui um alerta, nem tudo funciona assim, ou pelo menos é tão simples assim.

Se você sofre com a queda de cabelo, ou está querendo prevenir que isso aconteça, já deve conhecer a finasterida. Não? Então continue conosco e confira tudo sobre o medicamento.

Essa é uma das perguntas de maior recorrência no meio de pessoas que já tem certo conhecimento sobre a finasterida: “Qual a dosagem devo tomar?” ou “1gm ou 5mg?”.
Muitos se deixam enganar, acreditando que tomar uma dosagem muito grande do medicamento vai solucionar mais depressa o seu problema. Nem sempre isso é verdade. Muitas vezes uma superdosagem vai acabar agravando o seu quadro, ou até mesmo o tornando irreversível.
Portanto, a única pessoa capaz de te responder essa pergunta é um profissional capacitado. Ele sim poderá te indicar qual a melhor quantidade, horário, e tipo do medicamento para o seu caso.

finasterida para queda de cabelo

Finasterida 1mg, 2,5mg ou 5mg, entenda a diferença

O propósito da finasterida é reduzir os níveis de DHT, que explicaremos detalhadamente depois, e que tem relação com a calvície. Estudos comprovam que 1mg de finasterida pode reduzir o DHT no sangue em até 90%. Teoricamente a finasterida 5 mg tem um poder ainda maior, mas não é o que ocorre. A finasterida 5mg é sim mais potente que a de menor quantidade, mas o que ocorre é uma diferença muito pequena.
Quantidades muito altas de finasterida, como as de 5mg, tem como foco o tratamento do câncer de próstata. Então utilizando essa dose você vai ficar sujeito aos efeitos colaterais do medicamento, e tendo uma eficácia muito pequena em comparação com doses de 2,5mg por exemplo.
Aqui vai uma observação importante: todo e qualquer medicamente sempre de ser usado respeitando uma prescrição médica!

finasterida

Diferença de Preço Finasterida 5mg, 2mg e 1mg

A resposta será um pouco contraditória, porém vai fazer sentido. Em algumas versões da finasterida de 5mg ela é mais barata que as demais. Acontece que a procura da finasterida para tratamento de calvície é maior que para o tratamento do câncer, por isso as versões com 2mg e 1mg costuma ser mais caras. É apenas uma estratégia de negócio.
Mas essa diferença é muito pequena. E varia também de região para região, e principalmente entra as farmácias.

Contraindicações Finasterida 5mg

A Finasterida não é indicada para mulheres e crianças. Além disso, ela é contraindicada nos casos abaixo:
Hipersensibilidade a qualquer componente da fórmula
Finasterida é um medicamento que não deve ser utilizado por mulheres grávidas ou que possam ficar grávidas durante o tratamento, pois existem riscos para os Fetos do Sexo Masculino.
É contraindicado para uso por mulheres e crianças.

Finasterida e óleo de coco

oleo de coco e finasterida

Benefícios do óleo de coco para o cabelo

O óleo de coco natural tem uma série de benefícios, tanto para o couro cabeludo quanto para a pele.

  • É um produto 100% natural, dificilmente vai apresentar alguma efeito colateral ou alergia
  • Existe óleo de coco em duas versões: líquido e em cápsulas
  • É barato e eficiente
  • Rico em vitaminas
  • Antioxidante

Pessoas que sofrem com a temida alopecia androgenética, mais conhecida como calvície, podem encontrar no óleo de coco uma ótima arma no combate da queda de cabelo. Uma porque esse produto natural age contra fungos e bactérias que afetam diretamente o crescimento dos fios, outra que ele é um hidratante poderosíssimo capaz de deixar os cabelos mais macios e sedosos.

Também rico em vitaminas K e Em o óleo de coco é um excelente antioxidante que ajuda na renovação celular. Por isso que ele é muito bom pra pele.

Devido a tudo isso o óleo de coco ajuda no crescimento dos fios, tornando-os mais fortes e saudáveis, evitando assim que seu cabelo caia por causa da falta de nutrientes. A relação do óleo de coco com a finasterida é que ela reforça o tratamento potencializando esses resultados.

Preço e onde comprar óleo de coco.

Como se trata de um cosmético, o óleo de coco é muito fácil de ser encontrado. Acessível em qualquer loja de produtos naturais e farmácias. Geralmente encontramos também em alguns supermercados.

O produto na sua versão tópica, ou seja, líquido e para aplicação na pele ou couro cabeludo, costuma variar entre 15 e 30 reais, um fraco com 200ml. Lembrando que isso varia muito de região para região.

Já em cápsulas o produto é encontrado em torno de 70 reais, contendo 120 cápsulas.

Como usar óleo de coco líquido

A aplicação do óleo do coco não tem segredo, basta espalhar o produto nas mãos e aplica-lo diretamente nos fios, fazendo com que o produto percorra por toda a extensão do cabelo. Feito isso, massageie o couro cabeludo para uma maior absorção do produto. Espere cerca de algumas horas e lave bem a cabeça, retirando todo o produto.
A sugestão é que seja repetido o processo 1 vez por semana.

Como usar óleo de coco cápsulas

Já no caso do óleo de coco em cápsulas, é recomendada a ingestão de duas por dias: uma antes do almoço e uma antes da janta. Para aliar aos beneficio da finasterida, basta tomar um comprimido por dia, sempre no mesmo horário, ou conforme a recomendação do seu médico.

Finasterida 5 mg Posologia

A dosagem recomendada geralmente é de 1 comprimido de 5 mg diariamente, e não está relacionado com a ingestão ou não de alimentos.

Não é necessário ajuste na dosagem recomendada, para pacientes idosos, embora alguns estudos demonstraram certa diminuição na eliminação da finasterida em pacientes com mais de 70 anos.

Superdose de finasterida

Existem pacientes que receberam doses únicas de finasterida, variando de 400 mg a doses diversas de 80 mg/dia, durante certo período preestabelecido, sem que fossem observados efeitos colaterais adversos
Não existem recomendações para qualquer terapia onde haja a superdose do medicamento.

Artigo meramente informativo. Antes de tomar qualquer medicamento, procure um médico.